Afinal, quem é o responsável pelas benfeitorias em imóveis alugados?
Voltar para o blog

Afinal, quem é o responsável pelas benfeitorias em imóveis alugados?

Uma das principais regras da locação imobiliária é a de que a propriedade deve ser devolvida nas mesmas condições em que fora entregue. Mas isso não significa que não podem ser feitas benfeitorias em imóveis alugados. Afinal, é comum que o locatário decida realizar melhorias e reparos, por necessidade ou conforto.

No entanto, para evitar prejuízos, é muito importante conhecer os tipos de benfeitorias determinas pela Lei do Inquilinato e entender de quem é a responsabilidade pelas melhorias realizadas. Acompanhe o artigo para compreender melhor o assunto!

Quais são os tipos de benfeitorias em imóveis alugados existentes?

Existem três tipos de melhorias que podem ser realizadas em imóveis alugados. Confira a seguir.

Benfeitorias necessárias

São chamadas de benfeitorias necessárias as obras necessárias para manter a casa ou apartamento em condições de moradia, ou seja, que são imprescindíveis para que o locatário viva no local. Desde que não tenha sido provocado pelos atuais moradores do imóvel, esse tipo de reparo deve ser realizado pelo locador. Veja alguns exemplos:

  • problemas de infiltração;
  • necessidade de troca das telhas devido à chuva;
  • falhas no sistema elétrico ou hidráulico.

Benfeitorias úteis

Existem obras que são úteis para o imóvel, mas não são imprescindíveis para que o locatário habite com segurança a propriedade. As benfeitorias úteis melhoram o conforto ou aproveitamento do imóvel, mas não precisam ser realizadas obrigatoriamente. Confira algumas situações:

  • instalação de grades;
  • construção de garagem;
  • troca de piso antigo por um mais novo.

Benfeitorias voluptuárias

Por fim, as benfeitorias voluptuárias são obras de luxo. São realizadas apenas para deixar o imóvel mais confortável e não influenciam diretamente na moradia ou funcionamento da propriedade.

A construção de uma piscina, churrasqueira ou quadra de esportes são alguns exemplos desse tipo de benfeitoria. Melhorias que só servem para deixar o imóvel mais bonito, como fazer a textura de uma parede, também são consideradas benfeitorias voluptuárias.

De quem é a responsabilidade pelas benfeitorias em imóveis alugados?

Como vimos, o locador é legalmente responsável pelas benfeitorias necessárias. Isso acontece porque a lei determina que é obrigação do proprietário entregar e manter o imóvel em plenas condições de moradia durante o prazo estabelecido em contrato. 

As benfeitorias úteis e voluptuárias só podem ser realizadas pelo locatário com a autorização prévia por escrito do locador. Além disso, as obras necessárias e úteis devem ser reembolsadas ao locatário, desde que não exista nenhuma cláusula no contrato de aluguel que determine o contrário.

Caso o locatário realize uma benfeitoria útil ou voluptuária sem autorização, o proprietário tem direito de permanecer com a melhoria (e não realizar a indenização) ou, ao fim do contrato, exigir que a obra seja desfeita. Afinal, de acordo com a Lei do Inquilinato, o imóvel precisa ser devolvido exatamente como foi entregue.

Uma negociação amigável é sempre a melhor forma de resolver situações envolvendo benfeitorias em imóveis alugados. Se o locatário deseja realizar uma melhoria útil e essa for do interesse do proprietário, por exemplo, é possível combinar que o reembolso aconteça por meio de descontos no pagamento do aluguel.

Conseguimos tirar as suas dúvidas sobre benfeitorias em imóveis alugados? Não se esqueça de que a melhor maneira de evitar problemas na locação imobiliária é ter muito cuidado ao redigir e assinar o contrato de aluguel. Esteja sempre atento aos detalhes.


Fonte: Blog Velo

Outros posts

  1. QUEM PAGA OS CONSERTOS NO IMÓVEL LOCADO

    QUEM PAGA OS CONSERTOS NO IMÓVEL LOCADO

    QUEM PAGA OS CONSERTOS NO IMÓVEL LOCADO As dúvidas são muitas quando se trata de consertos no imóvel locado e quem deve arcar com os custos? O inquilino tem obrigação de manter o imóvel nas mesmas co...

  2. De quem é a responsabilidade dos consertos no apartamento alugado?

    De quem é a responsabilidade dos consertos no apartamento alugado?

    Reparos fazem parte da rotina de manutenção de qualquer imóvel e, seja por acidentes, seja por desgaste natural, é comum que precisem ocorrer com alguma frequência. Nem por isso, no entanto, eles deix...

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência.